Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Três Recordações da Minha Juventude > De Arnaud Desplechin

Três Recordações da Minha Juventude > De Arnaud Desplechin

Teatro & Arte | Cinema

TAGV

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2016
mar
21
Realizado

Duração

120 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Universidade de Coimbra // Teatro Académico de Gil Vicente

Sinopse

Neste filme premiado em Cannes, Desplechin apresenta-nos uma reflexão entre a memória individual e a memória coletiva, através de um antropólogo de 40 anos, recém-regressado a França, que ao relembrar o seu passado cruza a sua história pessoal com acontecimentos marcantes da história contemporânea europeia.

Ficha Artística

Realização Arnaud Desplechin

Com Quentin Dolmaire, Lou Roy-Lecollinet, Mathieu Amalric

Fotografia Irina Lubtchansky

Título Original / Internacional Trois souvenirs de ma jeunesse

Ano de Produção 2015

País França

Género Drama

Parceria Leopardo Filmes

Informações Adicionais

Festivais e Prémios

Festival de Cannes 2015– Quinzena dos Realizadores, Prémio SACD (Société des Auteurs et Compositeurs Dramatiques)

Prémios César – 11 nomeações, incluindo Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Argumento Original

Lisbon & Estoril Film Festival – Selecção Oficial, Em Competição

Informações Adicionais

Arnaud Desplechin Arnaud Desplechin realizou o seu primeiro filme, La Vie des Morts, em 1991, vencedor do prémio Jean Vigo. No ano seguinte, estreia La Sentinelle na Competição Oficial do Festival de Cannes. Em 1996 estreia Comment me suis disputé… (ma vie sexuelle), protagonizado por Mathieu Amalric, valendo ao ator o César de Melhor Ator Revelação. Em 2004 realiza Reis e Rainha, mais uma colaboração com Mathieu Amalric e vencedor do prestigiado prémio Louis Delluc. Quatro anos depois viria a realizar um dos filmes mais marcantes da sua carreira, Conto de Natal, protagonizado por Mathieu Amalric, Catherine Deneuve, Melvil Poupaud e Chiara Mastroianni, e aclamado pela critica internacional.

Pontos de Referência

Praça da República

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Benjamim - Vias de Extinção

Música & Festivais | Música

TAGV

Auditório

É o Fim

Teatro & Arte | Stand-Up

TAGV

Auditório