Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Libertação

Libertação

Teatro & Arte | Teatro

TAGV

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
fev
08
Realizado

Duração

100 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Universidade de Coimbra - Teatro Académico de Gil Vicente

Sinopse

Para os criadores de LIBERTAÇÃO a Guerra de Ultramar é o episódio mais traumático da história recente de Portugal. A nova criação do Hotel Europa reflete sobre este acontecimento histórico a partir do ponto de vista da luta de libertação que foi desenvolvida em Angola, Guiné e Moçambique e o seu impacto no Estado Novo e na consequente queda do fascismo em Portugal. Um olhar sobre a questão das independências a partir do ponto de vista africano. LIBERTAÇÃO começa por descrever e analisar o movimento das independências em África, para melhor entender o caso do Colonialismo Português no contexto mundial. O espetáculo é construído a partir de entrevistas feitas a antigos soldados das guerras de independência e de uma rigorosa pesquisa de arquivo sobre a guerra colonial, incluindo os discursos políticos produzidos pelos líderes de ambos lados da guerra, em particular de António Oliveira Salazar, Amílcar Cabral, Marcello Caetano, Eduardo Mondelane, Agostinho Cabral, Holden Roberto, Jonas Savimbi e Samora Machel. LIBERTAÇÃO reflete assim sobre a pós-memória e como ela é transmitida entre gerações, para analisar o modo como o colonialismo é visto hoje em dia.

Produção

Criação e direção André Amálio
Co-criação/Movimento Tereza Havlíková

Ficha Artística

Interpretação André Amálio, Lucília Raimundo, Nelson Makossa

Sonoplastia/DJ Nelson Makossa

Desenho de luz Joaquim Madaíl

Cenografia e figurinos Maria João Castelo

Produção Hotel Europa

Coprodução Maria Matos Teatro Municipal

Apoio à residência artística Alkantara, O Espaço do Tempo, DeVIR/CaPA, LARGO Residências

Espetáculo financiado por República Portuguesa-Cultura/Direção-Geral das Artes

Fotografia Bruno Simão

Informações Adicionais

Hotel Europa é um duo de artistas de dois países diferentes (Portugal e Republica Checa) e oriundos das disciplinas da dança e do teatro. André Amálio e Tereza Havlíková conheceram-se em Londres, na Goldsmiths University e têm vindo a colaborar juntos explorando as fronteiras entre a dança, a performance e o teatro. A companhia Hotel Europa criou os espetáculos Hotel Europa (2010), AMÁLIO VS AMÁLIA (2011), TV HEROES (2012), FÉ (2013), KINOWALTZ (2014) e, mais recentemente, o espetáculo Portugal Não é Um País Pequeno (2015) e Passa-Porte (2016). Têm apresentado o seu trabalho na República Checa, Portugal e Reino Unido.

André Amálio tem vindo a desenvolver espetáculos sobre o colonialismo português. Em 2015, apresentou PORTUGAL NÃO É UM PAÍS PEQUENO, um projeto que reflete sobre a ditadura, a presença portuguesa em África e a vida dos antigos colonos portugueses através dos seus testemunhos reais. Em 2016, apresentouo segundo espetáculo do ciclo sobre o fim do colonialismo português, PASSA-PORTE.

Partilhar
Festival Intern. de Blues de Coimbra

Serviços Adicionais

Veja ainda:

French Cancan

Teatro & Arte | Cinema

TAGV

Auditório