Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Lento e Largo

Lento e Largo

Teatro & Arte | Dança

TAGV

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2019
mar
21
Realizado

Duração

60 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Universidade de Coimbra - Teatro Académico de Gil Vicente

Sinopse

O interesse da dupla Jonas & Lander (Jonas Lopes e Lander Patrick) pela robótica, enquanto elemento performativo, vem de trás, mas nunca deixa de causar estranheza. Em Lento e Largo, os robôs que dançam são um dos elementos que contribuem para o que chamam de poética da alucinação. Inspirados pelo surrealismo, reclamam a ficção como espaço que desafia a racionalidade

Produção

Gestão, produção Patrícia Soares Difusão nacional Produção dFusao Difusão internacional Ingrida Gerbutaviciute Produção Sinistra Associação Cultural
Coprodução Rede 5 Sentidos Centro Cultural Vila Flor, Centro de Artes de Ovar, O Espaço do Tempo, Teatro Académico de Gil Vicente, Teatro Micaelense, Teatro Municipal da Guarda, Teatro Municipal do Porto Rivoli, Teatro Nacional São João, Teatro Virgínia, Teatro Viriato), Teatro Freiburg (DE), Teatro do Bairro Alto
Apoio a residências artísticas Rede 5 Sentidos, Arts Printing House, Estúdios Victor Cordon, Município de Ílhavo 23 Milhas, Fabrik Potsdam.
Apoio Polo das Gaivotas Câmara Municipal de Lisboa

Ficha Artística

Direção artística, coreografia e interpretação Jonas Lopes e Lander Patrick
Interpretação Ana Vaz, Lewis Seivwright, Mathilde Bonicel
Intérprete estagiária Francisca Pinto
Cenografia e adereços Rita Torrao
Cenografia, desenho de luz e direção técnica Rui Daniel
Assistência técnica e a robótica Joana Mário e Filipe Metelo
Make up Filipa Vieira da Silva

Notas Suplementares

Jonas & Lander têm contribuído para o imaginário um do outro desde 2011, experienciando paradigmas contrastantes em experiências de âmbito pessoal e profissional.
Cascas dOvO (2013) revela a sua inscrição como profissionais da área artística, construída nos jardins públicos de Lisboa e Guimarães, com cães e pardais como audiência forçada, que os levou a reconhecer o poder de comunicação dos seus corpos. Literalmente e metaforicamente, começaram a andar de olhos vendados percorrendo vários teatros europeus e da América do Sul, tendo sido ainda selecionados para o Aerowaves Priority Company (2014). Das suas obras seguintes destacam-se Matilda Carlota (2014), Arrastao (2015) e Adorabilis (2017), esta última criação integrando novamente a seleção para o Aerowaves Priority Company de 2017. Ainda nesse ano são, selecionados para Programa de Convite a Criação Artística Nacional da Rede 5 Sentidos com o projeto Lento e Largo, estreado em fevereiro deste ano, em coprodução com a Rede 5 Sentidos, o Theater Freiburg (DE) e o Teatro do Bairro Alto.

Informações Adicionais

Espetáculo integrado no Festival Abril Dança e na 21.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Nostalgia

Teatro & Arte | Cinema

TAGV

Auditório

Lilith

Teatro & Arte | Cinema

TAGV

Auditório